Postagens

Imagem
A Tragédia de Um Devoto a Deus: Lições da vida de Sansão A entrega ao inimigo e o retorno ao Senhor A história trágica de Sansão se repetiu muitas vezes desde então. Os efeitos do insistente inimigo são inacreditáveis. Primeiro vem a debilidade mortal: “... ficando ele a ponto de morrer” (Juízes 16.16). – Desperte, meu irmão e minha irmã, você – Sansão – que está debilitado. O pecado anestesia e quebra a sua capacidade de decisão, ofusca a sua capacidade de discernimento. Depois acontece a incompreensível despreocupação de Sansão. O pecado cega completamente. Ele simplesmente anda sem discutir ao encontro de sua derrota. Vejo diante de mim os incontáveis “Sansões” que não querem abandonar um pecado. Você é um deles? O pecado anestesiou a capacidade de decisão e ofuscou a capacidade de discernimento, cegando completamente Sansão. A transição trágica na vida de Sansão foi: “Mas não sabia que o Senhor o tinha deixado” (verso 20). Esse homem consagrado a Deus, que tantas vezes podia conf…
Imagem
O Princípio de Mordecai Thomas Lachenmaier Mordecai, homem fiel a Deus e que é mencionado no livro de Ester, não dobrava seus joelhos diante de ninguém, exceto diante de Deus. Também hoje a observação desse princípio não causa prejuízo a ninguém. O psicanalista judeu Michael Amram Rinast (68) não recebeu muita influência da fé judaica por meio de seus pais. O seu pai faleceu cedo e sua mãe era ateísta. Sua avó, no entanto, acendia cada sexta-feira à noite a vela do Shabbat, e assim ele tinha conhecimento de alguns costumes judaicos e, no decorrer de sua vida, novamente se aproximou mais da fé judaica. Ele relata que recebeu de sua avó o que seria “a frase mais marcante de sua vida: ‘Você nunca se ajoelhará diante de ninguém, exceto diante de Deus!’. Assim, esse é o princípio de Mordecai”. Michael Amram Rinast, nos últimos 25 anos de sua vida profissional como consultor administrativo, orientou-se por essa máxima da vida de Mordecai, o homem fiel a Deus, que nos foi transmitida no livr…
Imagem
Muitas Coisas Boas Acabaram Mal Wilfred Hahn Ah, se todos nós pudéssemos viver num mundo de “leite e mel”. Todo mundo sabe o que significa essa expressão – uma terra sem cuidados, de abundância e vida fácil. Nesta presente era de pilhas de riquezas cada vez maiores e uma classe média encolhida, a maioria se contentaria com apenas isso. No entanto, de onde surgiu esta expressão – “leite e mel”? Muito, muito tempo atrás no Antigo Testamente. Hoje, muitos milênios depois, ela continua sendo uma expressão comumente usada. A etimologia (o estudo da origem das palavras) e os idiomas podem revelar conexões fascinantes com antigas sociedades. A expressão “leite e mel” aparece pela primeira vez em Êxodo 3.8, onde o Senhor Jeová diz a Moisés: “Por isso desci para livrá-los [meu povo] das mãos dos egípcios e tirá-los daqui para uma terra boa e vasta, onde há leite e mel com fartura: a terra dos cananeus, dos hititas, dos amorreus, dos ferezeus, dos heveus e dos jebuseus”. Jeová tinha revelado a…
Imagem
Pérolas Diárias  24 de Agosto"...Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira; assim nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim." João 15.4 Existe um provérbio que pode ser aplicado na questão da salvação: "A história se repete." O que Israel experimentou nos tempos antigos também acontece hoje. Israel viveu mais de quatrocentos anos sob domínio estrangeiro no Egito. Depois, por meio do sangue de um cordeiro imolado, foram tirados com mão poderosa do Egito, através do Mar Vermelho "...como por terra seca." A seguir os israelitas entraram no deserto. Ali lhes sobrevieram trevas, porque eles se desvencilharam do domínio de Deus. Naquele tempo foi assim, e hoje em dia é assim também. Pois quando observamos esses quatrocentos anos de Israel "sem história", vemos como correspondem exatamente àquilo que o Senhor Jesus diz a nosso respeito no Novo Testamento: "Q…
Imagem
Pérolas Diárias  6 de Agosto"Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí ao seu encontro." Mateus 25.6 Quem espera a vinda de Jesus com ansiedade e alegria são os renascidos. Podemos resumir em três palavras-chave os gloriosos frutos do renascimento: salvação, plenitude, espera. Salvo do pecado, livre de Satanás, da morte e do juízo. Cheio do Espírito Santo. E o cristão verdadeiro também tem uma esperança viva pela vinda de Jesus. Sabemos que a vinda de Jesus está próxima. Ele pode vir a qualquer momento, pois Ele mesmo disse: "Ora, ao começarem estas cousas a suceder, exultai e erguei as vossas cabeças; porque a vossa redenção se aproxima". Com a expressão "estas cousas" Jesus se referiu aos sinais dos tempos, especialmente Israel. E de fato vemos que em todas as nações pessoas renascidas levantam seus olhos esperançosos para o alto, e em espírito dizem: "Amém, sim, vem, Senhor Jesus!" Vivemos numa época extraordinária em que as pr…
Imagem
Sobre Falsos Cristos e Discernimento Daniel Lima Nos últimos dias o mundo evangélico tem sido surpreendido com a notícia de que alguns conhecidos artistas do ramo gospel não só vão participar, mas estão permitindo que suas imagens sejam usadas para promover uma reunião organizada pela viúva do reverendo Moon, a dra. Hak Ja Han Moon (no momento da escrita deste artigo, as fotos e os nomes dos cantores no site onde o show era promovido foram retirados). De modo geral, seria desnecessário alertar qualquer cristão maduro sobre o falso mestre reverendo Moon, já falecido; no entanto, mesmo para quem não o conhece, basta alguns minutos na internet para entender o que este grupo ensina. A dra. Hak Ja Han Moon é a continuadora da obra de seu marido. Este pregava que: (1) ele próprio era o segundo Messias, pois Cristo não cumpriu sua tarefa; (2) Jesus, apesar de perfeito, não era Deus; (3) ele havia recebido revelações de Cristo, Abraão, Moisés, Maomé e Buda; e (4) Jesus não ressu…
Dificuldades na Caminhada com Cristo
“Se alguém quiser vir após mim a si mesmo se negue dia a dia, tome a sua cruz e siga-me” (Lucas 9:23)
INTRODUÇÃO Jesus não nos prometeu uma vida sem lutas e dificuldades. Na vida cristã existem também desafios e obstáculos a serem superados. Quantos desistem nos primeiros passos! Mas o evangelho é para os fortes, para aqueles que querem ser vencedores nas dificuldades.
OS DESAFIOS DA VIDA CRISTÃ Destaquemos, pois, alguns dos problemas, das dificuldades que encontramos na caminhada cristã.
1. As lutas interiores.Um dos desafios que nos cristãos enfrentamos, são aqueles que estão relacionados aos sentimentos. Quando começamos a sentir angústia, muitas vezes por causa da Palavra, muitos há que desistem. Não confie nos seus sentimentos. Confie em Jesus e na sua Palavra.
Considere essa ordem das coisas para crescer firme e forte na fé: a. Em primeiro lugar, o FATO: A Bíblia é a Palavra de Deus - aquilo que está escrito e em que devemos depositar a nossa fé. O q…