Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016
Imagem
foto: Sue Wagner
Está tudo sob controle? Thomas Lieth O ser humano acredita ter tudo sob controle, mas a experiência mostra que não é bem assim. As pessoas agem como se fossem viver para sempre, apesar da morte ser certa. Lemos no Salmo 90.9-10: “Pois todos os nossos dias se passam na tua ira; acabam-se os nossos anos como um breve pensamento. Os dias da nossa vida sobem a setenta anos ou, em havendo vigor, a oitenta; neste caso, o melhor deles é canseira e enfado, porque tudo passa rapidamente, e nós voamos”. O homem faz uso da ciência e da tecnologia, vangloriando-se: está tudo sob controle! Entretanto, como é a realidade? Um dos mais modernos submarinos russos, o orgulho das decadentes forças armadas soviéticas, afundou nas ondas do Mar de Barents e levou à morte 118 jovens marinheiros. Como eles se orgulhavam do seu submarino! Porém, não houve escapatória, não houve saída.Centenas de pessoas embarcaram num dos mais modernos trens nas montanhas suíças. Tratava-se de um primor de tec…
Imagem
Pérolas Diárias 
23 de Novembro"Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira com gemidos inexprimíveis." Romanos 8.26 Se de fato o Espírito Santo ora por meio de nós, não são os nossos desejos, mas os anseios de Deus que Ele gostaria de realizar. Portanto, se a nossa oração for a oração do Espírito Santo, o atendimento será garantido. Observemos hoje, e nos próximos dias, seis aspectos importantes para a oração. A disposição para receber O Espírito Santo nos proporciona aquilo que Deus quer nos dar. Mas, para isso, devemos estar dispostos a receber o Espírito Santo. Muitos dirão que nós, cristãos, já temos o Espírito Santo. Isto é verdade, desde que sejamos renascidos, pois "ninguém pode dizer: Senhor Jesus! senão pelo Espírito Santo." Mas nem sempre somos cheios do Espírito Santo. Por isso é necessária a disposição de recebermos sempre nova plenitude do …
Imagem
O calor do sol 22 de novembro de 2016


Estou cansado de tanto gemer; todas as noites faço nadar o meu leito, de minhas lágrimas o alago. —Salmo 6:6 Os Beach Boys, Brian Wilson e Mike Love, num dia de novembro de 1963, compuseram uma canção relativamente diferente das melodias animadas da banda. Era uma canção pesarosa sobre um amor perdido. Love, mais tarde, disse: “Por mais difícil que esse tipo de perda possa ser, o que fica de bom é ter tido a experiência de estar apaixonado.” Eles intitularam a canção como The Warmth of the Sun (O calor do sol). O fato de a tristeza servir como catalisador para a composição das canções não é nada novo. Alguns dos salmos mais comoventes de Davi, incluindo o Salmo 6, foram redigidos em momentos de profunda perda pessoal. Ainda que não sejamos informados dos acontecimentos que o moveram a escrever, os versos são repletos de pesar, “Estou cansado de tanto gemer; todas as noites faço nadar o meu leito, de minhas lágrimas o alago. Meus olhos, de mágoa, s…