segunda-feira, 21 de setembro de 2009


1 Reis 18:30-46 (leia aqui)

Confrontados com o desafio, os profetas de Baal persistiram inutilmente em seus encantamentos e danças estranhas. O deus deles permaneceu surdo, e por uma boa razão! Então Elias começa os preparativos com uma calma e uma autoridade que contrastavam totalmente a excitação anterior. Ele constrói o altar com doze pedras, “segundo o número das tribos”, afirmando assim a unidade do povo. Apesar da divisão em dois reinos, aos olhos de Deus, Israel ainda é uma só nação. O mesmo se aplica à Igreja do Senhor. Embora dividida em tantas denominações, Deus reconhece uma única Igreja, composta de todos os crentes. Nós devíamos vê-la da mesma forma.

Quando tudo estava pronto para a oferta queimada, Elias clama a Deus: “Responde-me, SENHOR, responde-me, para que este povo saiba que tu, SENHOR, és Deus e que a ti fizeste retroceder o coração deles” (v. 37). Deus responde ao Seu servo não apenas enviando fogo, mas trazendo de volta para Si mesmo o coração do povo.

Acabe testemunhou a cena, seguida pela morte dos profetas, sem parecer interessado em nada mais que comer e beber, enquanto, por sua vez, o homem de Deus ora novamente… “e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto” (Tiago 5:18). >www.chamada.com.br<

Nenhum comentário:

Postar um comentário